Menu

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Como ir de Tel Aviv para Jerusalém

Mesmo que seu principal foco em Israel seja Jerusalém, você, muito provavelmente, entrará no país através de Tel Aviv, já que é para lá que segue a maior parte dos voos internacionais para Israel. A boa notícia é que Tel Aviv se localiza próximo a Jerusalém.

Quem aí já sonhou em conhecer Jerusalém?

São apenas 70 Km entre as duas cidades, ligadas por uma excelente estrada (as rodovias em Israel são de ótima qualidade). E existe mais de uma opção de transporte interligando Tel Aviv e Jerusalém nos dois sentidos:

01. Ônibus: esta foi a opção que escolhemos. Com vários horários ao longo do dia, os ônibus saem do Tel Aviv Central Bus Station e a viagem costuma demorar pouco mais de 1 hora (variando para mais ou menos a depender do trânsito para se entrar em Jerusalém que, dependendo do horário, pode ser bem intenso).

Como não conseguimos comprar a passagem online (na época em que montamos o roteiro esta opção não era viável), deixamos para comprar na hora e não tivemos dificuldade, conseguindo passagem para o próximo horário disponível. O ticket nos custou NIS 16,00 por pessoa.

Nossa passagem para Jerusalém. O símbolo em forma de X é o da companhia de ônibus. Seguindo este símbolo, você encontrará a bilheteria.

Para entrar no terminal rodoviário, você terá que passar por um sistema de segurança semelhante ao de aeroportos, colocando a sua bagagem em uma esteira para passar pelo Rx. Após a entrada, procure logo as escadas rolantes para os andares superiores, onde se encontra a bilheteria dos ônibus. 

Ao realizar a compra, basta perguntar ao funcionário o número da plataforma de embarque. Esta se localiza no mesmo andar da bilheteria.

O terminal rodoviário de Tel Aviv tem inúmeras lojas e locais para comer. Nós, inclusive, aproveitamos para tomar café da manhã por lá enquanto aguardávamos a nossa saída.

A viagem foi super tranquila e, após pouco mais de uma hora, chegávamos a Jerusalém. Achamos o terminal rodoviário de lá mais organizado do que o de Tel Aviv. Para chegar ao nosso hotel, preferimos pegar um táxi devido à nossa bagagem, mas, em frente ao terminal, há uma parada do moderno tram que faz parte do sistema de transporte público de Jerusalém (conhecido como Light Rail).

O moderno tram de Jerusalém (Light Rail) passa em frente ao Terminal Rodoviário da cidade
O Light Tail Jerusalem

O ticket do tram é comprado em modernas máquinas nas próprias paradas, devendo-se validá-los assim que se entra no vagão. Da rodoviária, o tram vai direto para a área da cidade que fica vizinha à antiga cidade murada de Jerusalém, onde, muito provavelmente, você estará hospedado.

A máquina para comprar o ticket tem opção em inglês


Ticket do tram


Máquina no interior do tram para validar o ticket


02. Trem: o sistema ferroviário de Israel interliga Tel Aviv e Jerusalém. O comboio pode ser pego na Savidor Train Station em Tel Aviv e tem uma tarifa apenas um pouco mais alta do que os ônibus. No entanto, o trajeto de trem pode ser 20 a 30 minutos mais demorado do que o de ônibus e, por isso, acabamos optando pelo trajeto rodoviário.

03. Sheruts: as vans que fazem transporte regular de passageiros, tanto dentro das grandes cidades israelenses quanto entre os municípios, fazem, frequentemente, a rota até Jerusalém, partindo da rua que fica ao lado da Tel Aviv Central Bus Station. Sua vantagem sobre os ônibus e os trens tem lugar durante o shabat, quando nenhum destes dois meios de transporte funcionam, sendo a única opção viável. Se ainda não sabe o que é o shabat é porque não leu ainda nossas dicas sobre Israel. O pagamento dos sheruts é feito no interior do próprio veículo e o motorista só costuma partir após lotação completa.

Os shetus ao lado da Tel Aviv Central Bus Station


04. Carro alugado: caso seus únicos dois destinos em Israel sejam Tel Aviv e Jerusalém, não acho que valha à pena alugar um carro, devido às opções de transportes citadas acima. No entanto, se seu roteiro inclui uma maior variedade de destinos dentro do país, alugar um carro é algo a se considerar. Afinal, as estradas do país são muito boas. No entanto, achamos o aluguel caro e acabamos desistindo desta opção.

05. Táxi: devido à curta distância entre as duas cidades, muitos taxistas fazem o trajeto entre as duas. Entretanto, fique atento ao preço cobrado. O motorista que nos levou até o terminal rodoviário em Tel Aviv ofereceu nos levar direto até Jerusalém. Mas o preço que ele nos cobrou era muito maior do que a passagem de ônibus, de forma que, de modo algum, valeria à pena (mesmo somando o que gastamos com o táxi da rodoviária de Jerusalém até o nosso hotel).

Como é possível perceber, opção é o que não falta para você ir de Tel Aviv a Jerusalém ou vice-versa. Basta escolher o que melhor se adequar ao seu roteiro, ao seu bolso e à sua comodidade. Só cuidado para não fazer de Tel Aviv apenas uma passagem até Jerusalém. Afinal, a cidade tem seus atrativos e vale à pena ser explorada. Para mais informações sobre ela, leia:






OBS:
1. Os preços indicados neste post correspondem aqueles em vigência na época da viagem. Recomendo pesquisar novamente os valores das atrações na época da sua viagem.



2. Este post não recebeu nenhum tipo de patrocínio

Nenhum comentário:

Postar um comentário