Menu

sábado, 19 de outubro de 2019

O que há para fazer fora da Cidade Amuralhada de Cartagena

Embora o foco principal de Cartagena das Índias seja o seu centro histórico localizado dentro da muralha, há também muito o que se fazer fora da Cidade Amuralhada, a começar pelas muitas ilhas que compõem o Arquipélago do Rosário, onde o turista poderá ter contato com as praias e o mar caribenho.

Para fazer estes passeios é preciso agendar tours de barcos e escolher qual ilha (ou ilhas se você estiver com dinheiro sobrando) visitar. Mas vou detalhar melhor em outro post.

Há também as praias urbanas de Cartagena, mas não espere encontrar, nestas, o típico mar do Caribe. A água é escura e, sinceramente, só acho que valha à pena se você gostar muto de praia e não quiser gastar mais um dia de passeio até as Ilhas do Rosário. As mais badaladas são as praias de Bocagrande e El Laguito, localizadas, respectivamente, a 4km e 5,5Km da Cidade Amuralhada. Já La Boquilla, por se localizar um pouco mais distante, cerca de 8Km, costuma estar menos cheia.

Se for à praia de Bocagrande, pode também aproveitar para passear no bairro de mesmo nome (caso você já não esteja hospedado nele). É uma forma de conhecer a parte moderna de Cartagena e fazer algumas compras em lojas mais famosas. Como nada disso era nosso foco, dispensamos Bocagrande do nosso roteiro.

Além da muralha, avistamos os modernos prédios de Bocagrande. Entre o histórico e o moderno, sempre vamos preferir o histórico.

terça-feira, 15 de outubro de 2019

O que fazer na Cidade Amuralhada de Cartagena das Indias

A Cidade Amuralhada de Cartagena, como é conhecido a parte do seu centro histórico cercada pela antiga muralha, é, sem dúvida, a melhor parte da cidade colombiana e a sua principal atração turística. E não por acaso, considerado Patrimônio Mundial da Humanidade.

Por isso, o que se tem de melhor para fazer nela é caminhar sem destino por suas ruas, apreciando seus casarões históricos e suas sacadas floridas. Como venho dizendo desde que conheci Cartagena: seu centro histórico é o mais bonito que já conhecemos na América latina. Pelo menos, na nossa opinião.

Centro histórico de Cartagena das Indicas


Mas mesmo que o melhor seja seguir caminhando sem um destino certo, vale à pena apontar alguns pontos de interesse no interior da muralha e dar algumas dicas sobre este passeio.

A Cidade Amuralhada possui dois bairros principais: Centro e San Diego. Vale à pena conferir os dois.

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

O que é preciso saber sobre Cartagena das Indias

Considerada a quinta maior cidade da Colômbia, Cartagena das Indias teve um importante papel na colonização das Américas pelos espanhóis e esta preponderância histórica é claramente evidente em sua cidade murada que, arrisco afirmar, é o mais bonito centro histórico que já conhecemos na América Latina.

Embora banhada pelo Mar do Caribe, confessamos que esta não foi a característica que mais nos marcou na cidade. Até porque aquele mar azul típico do Caribe não é visto nas praias urbanas de Cartagena, sendo preciso se deslocar para algumas das ilhas da região, se você quiser conhecer uma típica praia caribenha.

As prais urbanas da cidade são, na verdade, bem sem graça, deixando  para os prédios históricos o papel de protagonista durante uma visita turística a Cartagena.

Cartagena das Indias

Seu centro histórico é todo cercado por sua antiga muralha (e, assim, é conhecido como Cidade Amuralhada), e a maior parte dos prédios históricos são bem preservados e cuidados, destacando-se as belas sacadas floridas que contribuem para aumentar o encanto do lugar. Na verdade, a prefeitura de Cartagena estimula as decorações das sacadas, oferecendo isenção de impostos para aquela que for eleita a mais bonita de todas.

Quem ganha com isso é o turista que tem o prazer de percorrer antigas ruas coloniais, experimentar a gastronomia local em seus charmosos cafés e restaurantes, percorrer sua extensa muralha ao final do dia enquanto aprecia um belo por do sol e se encantar em cada esquina.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Dicas úteis sobre Bogotá

A capital da Colômbia tem tudo que compõe uma cidade cosmopolita: cultura, gastronomia, história, uma grande área urbana e uma vida noturna agitada. Mas, infelizmente, muitos turistas acabam usando Bogotá apenas como base para conhecer destinos mais turísticos, como Cartagena e San Andres.  

Mas a cidade, praticamente uma "São Paulo da Colômbia", tem seus atrativos e, pelo menos, dois dias de estadia já podem ser suficientes para que você possa aproveitar o que ela tem de melhor. Neste post, daremos algumas dicas sobre a metrópole colombiana para ajudá-lo no seu roteiro por lá.


Bogotá

Como se deslocar em Bogotá


Como toda grande cidade, Bogotá tem seus problemas com o deslocamento, sendo ainda mais limitada quando se fala em transporte público, uma vez que não conta com um serviço de metrô. Deste modo, os visitantes acabam ficando limitados a três opções: ônibus, táxi e Uber.

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Como é a subida ao Cerro de Monserrate em Bogotá

Entre os morros que circundam Bogotá, o mais famoso deles é, sem dúvida, o Cerro de Monserrate. Localizado a mais de 3 mil metros de altura, o cerro abriga, no seu topo, a Basílica do Senhor de Monserrate. Mas o motivo para subi-lo vai além do religioso.

Do seu alto, é possível ter uma vista privilegiada da capital colombiana, mas também dos outros cerros em volta, além de ser possível provar a gastronomia local em um dos dois famosos restaurantes ali localizados: a Casa San Isidro e a Casa Santa Clara.

No alto do Cerro de Monserrate. Em meio à mata, vemos a Casa Santa Clara, restaurante no qual almoçamos naquele dia.

Para subir, se você fizer mais o estilo aventureiro, pode seguir a pé. Para a maior parte dos turistas, no entanto, há duas opções mais confortáveis: o teleférico e o funicular. A depender da época do ano, um dos dois pode estar em manutenção, mas o outro meio de transporte estará funcionando a todo vapor para levar os visitantes ao alto do cerro.

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

O que fazer no centro histórico de Bogotá

Quando chegamos ao aeroporto de Bogotá, no sábado à noite de Carnaval, estávamos, confesso, um pouco desanimados para conhecer a cidade. Na verdade, embora já achássemos que iríamos preferir Cartagena e San Andres, estávamos sem muita empolgação para conhecer a própria Colômbia.

O que não sabíamos naquela noite ainda é que não apenas voltaríamos para o Brasil apaixonados pelo país como também satisfeitos com o tempo passado em Bogotá. E quando qualquer cidade ou país acaba nos surpreendendo positivamente, não tem como não regressar com um largo sorriso no rosto.

Mas para aproveitar bem a capital colombiana é preciso ter em mente que a metrópole tem como foco central sua cultura e história. É uma grande cidade da América Latina com problemas comuns às demais, mas que oferece ao visitante museus, praças, ruas históricas e restaurantes que farão valer à pena a sua passagem por lá.

Centro Histórico de Bogotá

No entanto, acredito que dois dias sejam suficientes caso você não queira passar tanto tempo e não aguente de ansiedade para fugir aos destinos mais badalados, como Cartagena e o Caribe Colombiano.

Sem dúvida, o Centro Histórico de Bogotá é uma das principais atrações turísticas da cidade e, neste post, contaremos como foi nossa passagem por ele, ajudando vocês a escolher o que colocar na sua lista de "coisas para se fazer em Bogotá".

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Já ouviu falar na Roosevelt Island, em Nova York?

Nova York é uma cidade com tanta coisa para ver e fazer que alguns locais que poderíamos considerar imperdíveis, acabam ficando de fora da maioria dos roteiros turísticos pela cidade. É o caso, na nossa opinião, da agradável Roosevelt Island.

Localizada no East River, entre a ilha de Manhattan e o Queens, esta pequena ilha é um oásis de tranquilidade em meio à agitação da Big Apple. Para os habitantes da cidade que querem um lugar calmo para morar, pouco invadido pelos turistas, mas bem pertinho de Manhattan, a Roosevelt Island surge como uma excelente opção.

Roosevelt Island

Ainda permite uma excelente vista de Nova York, possui um agradável parque no seu extremo sul, guarda um pouco da história da cidade através de ruínas de um antigo hospital e alberga um teleférico que a interliga com a Segunda Avenida: o Roosevelt Island Tramway.