Menu

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

As praias de Santorini: Perissa e Red Beach

Para nós, brasileiros, acostumados com as nossas praias de areia branca, é curioso imaginar a existência de praias de outras cores, concordam? Mas você sabia que existem faixas de areia de cor vermelha? E de cor preta? Já tinham ouvido falar? 

Pois elas existem e podem ser encontradas em Santorini. E nós não resistimos à curiosidade de conhecê-las e dedicamos a manhã do nosso último dia na ilha a visitar Red Beach, cujo nome já deixa claro a cor da sua areia, e Perissa Beach, praia famosa pela areia de cor preta. Vizinha a esta última, há outra praia de areias negras, Kamari Beach, mas não vimos muito sentido em visitar as duas.

Red Beach
E se você está se perguntando o motivo dessas cores atípicas, lembre-se de que Santorini foi fruto de uma enorme erupção vulcânica, de modo que seus componentes geológicos tem influência direta desta atividade vulcânica ainda ativa na ilha.

A cor preta da areia em Perissa se deve à atividade vulcânica existente na ilha

O maior inconveniente para se visitar estas praias é a sua relativa distância das principais vilas de Santorini. Cerca de 13 Km separam Fira, a capital da ilha, de Perissa (de Oia, são cerca de 24 Km). Já Red Beach está a aproximadamente 12 Km de Fira. Mas, se você não tiver alugado um veículo, há a possibilidade de acessar as praias através dos ônibus que partem do Terminal Central de Fira (já falei sobre o transporte público em Santorini em outro post). 

O mapa mostra, em destaque, Red Beach e Perissa, além da capital Fira, no alto da imagem. Percebam que, ao lado de Perissa, está Kamari Beach (separados por uma formação rochosa). Ao lado de Kamari, está o aeroporto da ilha.

Visitando Perissa Beach

Perissa foi o primeiro destino que escolhemos naquele dia. Partimos para lá de ônibus, saindo direto do Terminal Central de Fira (basta chegar e perguntar a algum funcionário qual dos ônibus ali parados vai para Perissa, embora haja a indicação do destino na frente do veículo. O pagamento é feito no interior, já após a partida do ônibus). Se você estiver em Imerovigli ou em Oia, terá que ir de ônibus até o Terminal em Fira para, então, pegar outro ônibus. Mas o melhor mesmo seria alugar seu próprio veículo (um quadriciclo de preferência) para facilitar seu transporte até as praias.

Após cerca de 30 minutos, chegamos à praia, localizada na vila de mesmo nome, com uma estrutura melhor do que imaginávamos (você pode, inclusive, ficar hospedado por lá). Há espreguiçadeiras dispostas na faixa de areia e um número razoável de restaurantes na orla da vila. Mas o que chama a atenção mesmo é a cor da areia.

Chegando a Perissa Beach


Muitas espreguiçadeiras em Perissa Beach

Do outro lado deste paredão rochoso está Kamari Beach

Perissa Beach


Queríamos tanto ter entrado neste mar

Como era pouco mais de 9 horas da manhã, a praia estava bem vazia, do jeito que gostamos. E até fomos com a intenção de tomar banho de mar, considerando que, em Perissa Beach, a areia predomina sobre as pedrinhas que podem machucar os pés. No entanto, a água estava super gelada e havia um vento àquela hora que nos desencorajou por completo a entrar no mar.

Acabamos, então, passando pouco tempo na praia. Fotografamos um pouco, passamos alguns minutos deitados nas espreguiçadeiras (naquela hora, pelo menos, não apareceu ninguém nos oferecendo o cardápio do seu restaurante) e logo retornamos ao mesmo ponto de ônibus onde havíamos chegado para aguardar o transporte de volta.




Perissa Beach vazia, do jeito que gostamos


Se há ônibus direto entre Perissa e Red beach, nós não descobrimos (acreditamos que não), de forma que tivemos que retornar ao Terminal Central de Fira para, então, pegar outro ônibus até Red Beach. Uma contra-mão para quem optou por não alugar um quadriciclo (algo do qual nos arrependemos).

Visitando Red Beach

A praia de areias vermelhas de Santorini se localiza na vila de Akrotiri e não pode ser acessada diretamente de carro, sendo necessário seguir uma curta trilha a pé para se chegar até ela.

Saímos também do Terminal Central de Fira, pegando o ônibus com destino a Akrotiri, onde descemos na parada final (uma rua cujo fim é o próprio mar). Um pouco antes desta parada, o ônibus passa por outra atração da vila: as escavações de Akrotiri, um sítio arqueológico, cuja civilização que ali viveu ainda não é totalmente conhecida e compreendida pelos arqueólogos. Confesso que não estávamos no clima para visitar esta atração (até porque já havíamos visitado e ainda iríamos visitar outras zonas arqueológicas nesta mesma viagem) e optamos por pulá-la (ficou para quando retornarmos a Santorini).

Após descer do ônibus e se encontrar de frente para o mar, é preciso seguir a pé até Red Beach. O caminho não é longo e, se você não parar muito para fotografar, chegará na praia após cerca de 10 minutos de caminhada. Estando de frente para o mar, basta seguir pela sua direita. Logo você encontrará algumas placas indicando o caminho para Red Beach.

A faixa de areia por onde fomos caminhando...


Até chegar a esta placa ao lado de um restaurante


Akrotiri vista do alto após subirmos a escada da foto anterior

Após subirmos os degraus mostrados na foto acima, chegamos a uma estrada asfaltada (por onde o pessoal chega com seu veículo alugado) que termina em uma pequena igreja ortodoxa grega, a Igreja Agios Nikolaos. É nas proximidades desta igrejinha onde os turistas vão estacionando seus veículos e onde se inicia a pequena trilha pelas pedras vermelhas que termina em Red Beach.

A Igreja de Agios Nikolaos





Já na trilha para Red Beach, avistando a igrejinha de Agios Nikolaos e os carros estacionados

A trilha é bem simples e curta e qualquer um pode realizá-la. E, rapidamente, já avistamos Red Beach. A cor vermelha da faixa de areia, as rochas e o paredão de cor avermelhada, em contraste com o azul do mar grego formam uma bela composição visual e, realmente, vale à pena conhecer a praia.

E Red Beach surge no nosso campo de visão

Areia e rochas realmente vermelhas


Muitos chegam à praia de barco

Seguindo a trilha




A desvantagem fica por conta da curta faixa de areia que deve ficar super lotada na alta temporada, da falta de estrutura (diferente de Perissa, por exemplo, já que Red Beach fica mais isolada) e das muitas pedrinhas que devem ser bem incômodas para os pés de quem pretende entrar no mar. Na verdade, somos da opinião de que, para aproveitar um banho de mar em Red Beach, é muito melhor chegar lá de barco.

Turistas curtindo a praia em Red Beach







Para retornar, bastou seguirmos o caminho inverso até o ponto de ônibus.

Confesso que este contato com duas das praias de Santorini fez a gente chegar à conclusão de que as praias de Mykonos são melhores para o banho por ter melhor estrutura e por não ter estas pedrinhas  chatas que machucam os pés. Mas claro que é uma opinião, completamente, pessoal.

Na verdade, nem chegamos a tomar banho de mar nem em Mykonos nem em Santorini devido à baixa temperatura da água. Talvez no alto verão, quando o calor é muito maior do que em maio, teríamos ficado mais propensos a entrar na água. Mas aí teríamos que aguentar a super lotação das ilhas e praias. Realmente, não sei o que é pior.

Mas, independente, o visual compensa:

Contemplando Red Beach


OBS:
1. Este post não recebeu nenhum tipo de patrocínio

Nenhum comentário:

Postar um comentário