Menu

domingo, 7 de agosto de 2016

O que fazer durante uma conexão prolongada no aeroporto de Dallas?

Se você estiver viajando pela companhia aérea americana American Airlines, terá grande chance de fazer alguma conexão no aeroporto de Dallas. E, caso esta conexão ultrapasse o período de seis horas, será inevitável se perguntar se há a possibilidade de se fazer algo na cidade enquanto o horário do seu próximo voo não chega.

Afinal, ninguém merece passar horas na sala de embarque de um aeroporto sem ter nada para fazer. E já que você está ali mesmo, em uma cidade que, talvez, nunca tenha pensado em visitar, porque não dar uma escapadinha do aeroporto?

Foi exatamente isto que resolvemos fazer quando descobrimos que, durante nossa viagem de Hong Kong para Guarulhos, teríamos oito horas de conexão em Dallas. Confesso que a cidade nunca me chamou a atenção e que nunca havia pretendido conhecê-la. E, claro, durante uma conexão é impossível conhecer bem uma cidade, seja ela qual for. Mas resolvemos não perder a oportunidade.

Centro de Dallas

Obviamente, algumas dúvidas surgiram assim que optamos por passear pela cidade: o aeroporto fica muito distante? Qual seria a melhor forma de se deslocar até o centro? E quanto tempo demoraria esse deslocamento? Como se pode perceber, estas dúvidas são fundamentais quando se pretende utilizar o tempo de conexão de um voo explorando uma cidade. Afinal, ninguém quer correr o risco de perder a conexão, não é mesmo?


Vamos, então, às respostas:

Como ir do aeroporto até o centro de Dallas?

Infelizmente, o Aeroporto Internacional de Dallas/Fort Worth (DFW) localiza-se bem longe do centro da cidade (a cerca de 30 Km), o que fará com que um táxi de ida e volta saia bem caro. Felizmente, há uma forma bem mais econômica de se deslocar entre o centro e o aeroporto: o trem DART, que faz o trajeto em cerca de uma hora.

Uma hora? Isto mesmo. O tempo de deslocamento é longo e, portanto, caso tenha menos de oito horas de conexão, acredito que não vale à pena deixar o aeroporto. No nosso caso, reservamos duas horas para permanecer no aeroporto e, assim, evitar qualquer surpresa, e, retirando as duas horas de deslocamento, nos sobraria quatro horas apenas para passear pela cidade. Pouco, é claro. Mas melhor do que ficar sentado em uma sala de espera. Menos do que oito horas de conexão, entretanto, já começa a ficar inviável.

Para acessar o trem, você terá que seguir para o piso inferior do terminal A. Se você estiver em outro terminal, basta pegar o ônibus que faz a conexão entre os terminais. Placas, como a mostrada abaixo, indicam os pontos de parada dos ônibus.



Chegando ao terminal A, siga as placas que indicam DART, como a mostrada na foto abaixo.



Caso tenha alguma dúvida, há centros de informação nos terminais para tirar dúvidas dos turistas. 

A compra da passagem é feita em máquinas de auto-atendimento e o trecho de ida-e-volta custa apenas 5 dólares (bem mais barato do que um táxi). Aconselho comprar logo a volta ainda no aeroporto. 




Trem DART no DFW Airport

Para chegar ao centro da cidade, você deverá descer na West End Station. Na volta, basta pegar o trem no mesmo local, mas agora no sentido inverso e seguir até o aeroporto. A West End Station fica exatamente na área mais turística de Dallas, em torno da qual se encontram os principais pontos de interesse. Mas o que exatamente tem para se ver na cidade?

O que fazer em Dallas?

Dallas é uma importante cidade do estado americano do Texas e costuma remeter a dois fatos históricos que podem interessar aos turistas: a época do velho oeste e o assassinato de J. F. Kennedy, em novembro de 1963.

Em relação ao velho oeste, não espere encontrar aquelas ruas clássica, típicas dos filmes de faroeste, no centro da cidade, embora algumas referências ao modo de vida do velho oeste sejam encontradas em alguns restaurantes e lojas de artigos locais. 

Aliás, uma rua clássica a ser descoberta pelo turista que passeia pelo centro de Dallas é a Market Street (localizada exatamente no distrito histórico de West End) com casas históricas que abrigam restaurantes e lojas de artigos western.

Market Street




Bem próximo à Market Street, está o Memorial a JFK, um dos principais pontos turísticos da cidade, construído bem próximo à Dealey Plaza, local onde o ex-presidente americano foi assassinado. Ainda no West End, é possível visitar outra atração relacionada a JFK: o The Sixth Floor Museum, cujo objetivo é contar a história da vida e morte do presidente assassinado. De acordo com a história americana, foi exatamente do sexto andar do prédio, que abriga o museu, de onde partiu o tiro que matou o presidente.

Ainda próximo ao memorial, está a Old Red Museum, um antigo prédio do governo que, hoje, abriga um museu sobre a história da cidade. Como é possível perceber, os museus estão entre as principais atrações de Dallas, incluindo também o Dallas Museum of Art. Mas se você quiser fugir de museu e estiver com crianças na cidade, pode optar por uma visita ao Dallas World Aquarium. Outra atração da cidade é a Reunion Tower, uma torre no topo da qual é possível ter uma vista panorâmica de Dallas.

O mapa mostra a localização dos principais pontos de interesse da West End. Circulada, está a West End Station, bem próximo aos principais pontos turísticos da cidade.


Obviamente, com o pouco tempo que tínhamos na cidade, resolvemos não entrar em nenhum dos museus, optando apenas por caminhar pelo seu centro e jantar em um dos restaurantes da Market Street. Também não haveria tempo para subir a Reunion Tower.

Após descer do trem DART, na West End Station, seguimos, inicialmente, para a Market Street. Imaginava que a rua estaria mais movimentada em um domingo à tarde, mas, na verdade, estava bem vazia. Aliás, toda a área de West End nos pareceu bem vazia no domingo, com, inclusive, poucos turistas.

Entramos em uma loja enorme, especializada em produtos western, variando de souvenirs até roupas de cowboy. Mas confesso que não vi muita graça. Não sou um grande entusiasta de referências ao velho oeste americano. Seguimos, então, para a atração mais famosa da cidade: o Memorial a JFK. Também não me impressionou muito. Acredito que, para os americanos, visitar o local onde um dos seus mais memoráveis presidentes foi assassinado, página marcante da história americana, seja carregado de mais simbolismo e identificação.

Memorial a JFK




Vizinho ao memorial, avistamos o prédio mais bonito do centro de Dallas, na minha opinião: o Old Red. Gostaria muito de ter tido tempo para entrar no museu, até mesmo para aprender mais sobre a história da cidade texana.

Old Red Museum



Olha a Reunion Tower ali atrás

Andamos mais um pouco até avistar a Reunion Tower e nos contentamos apenas com a sua vista de longe, já que não havia tempo para caminhar até os pés da torre e, muito menos, para subi-la. Continuamos caminhando até a frente do Sixth Floor Museum e depois resolvemos, seguindo o instinto da fome que já nos acompanhava fazia um bom tempo, retornar à Market Street e escolher algum dos seus restaurantes.

Reunion Tower




Sixth Floor Museum

Àquela altura, percebemos que o movimento na Market Street já começava a aumentar, especialmente, por causa dos restaurantes. Terminamos nossa rápida passagem em Dallas com um típico macarrão com queijo americano. 

De volta à Market Street

Foi, obviamente, um tempo insuficiente para explorar o centro da cidade, mesmo considerando a proximidade entre as atrações, mas foi um tempo muito melhor gasto do que encarar o tédio de uma sala de aeroporto.

PARA SE PLANEJAR:

1. Old Red Museum

Horário de funcionamento: abre diariamente das 9 às 17h
Entrada: 8 dólares
Como chegar: trem até a West End Station
Site oficialhttp://www.oldred.org/

2. Sixth Floor Museum

Horário de funcionamento: abre de terça a domingo, das 10 às 18h e, nas segundas, das 12 às 18h
Entrada: 16 dólares
Como chegar: trem até a West End Station
Site oficialhttp://www.jfk.org/

3. Reunion Tower

Horário de funcionamento: abre diariamente das 10 às 22h
Entrada: 16 dólares
Como chegar: trem até a Union Station


OBS:
1. Este post não recebeu nenhum tipo de patrocínio

15 comentários:

  1. Oi Eric, Adorei as informações que vc passou, vou fazer uma conexão em Dallas e tenho uma dúvida.
    Foi tranquilo entrar e sair do Aeroporto?
    Como é esse procedimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Denide! Quem bom que vc gostou! :) Para sair do aeroporto, vc tem que passar normalmente pela imigração. Não houve nenhuma diferença em relação as outras vezes que entrei nos EUA. O oficial da imigração não me faz quase nenhuma pergunta, apenas de onde eu estava vindo e qual seria meu destino final. No retorno, foi só passar pelo sistema de segurança e os procedimentos normais de embarque sem nenhuma diferença do padrão. Estresse zero em relação a isso!!

      Excluir
  2. Olá, Erik. Farei uma conexão em Dallas de 12 horas em agosto desse ano e gostaria de saber se você teve que retirar suas malas quando deixou o aeroporto para ir ao centro de Dallas.
    Obrigado, Nicholas

    ResponderExcluir
  3. Olá, Erik. Farei uma conexão em Dallas de 12 horas em agosto desse ano e gostaria de saber se você teve que retirar suas malas quando deixou o aeroporto para ir ao centro de Dallas.
    Obrigado, Nicholas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nicholas! Não foi preciso retirar as malas. Elas seguiram diretamente para o destino final. Acredito que seja assim com todos os voos que apenas fazem conexão em Dallas, mas não custa confirmar a informação no momento do seu check-in. Boa viagem para vc! :)

      Excluir
  4. Olá, Erick. Também vou fazer uma conexão em Dallas de 17 horas, me informei na American Airlines e disseram que conexões acima de 4 horas tem que retirar as malas. Vc sabe me informar se no aeroporto há guarda malas?
    Obrigada, Renata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Renata! Infelizmente, não tenho esta informação. Olhei, inclusive, o mapa do aeroporto no site oficial, mas não consegui encontrar nenhuma indicação de haver armários para guardar a bagagem. :(

      Excluir
    2. Obrigada Erik! Vou descobrir na hora mesmo , kkkk
      Quando voltar digo como foi!

      Excluir
    3. Estou na torcida para que dê certo! E aguardo o retorno. Boa viagem! :)

      Excluir
  5. Você tinha visto americano ou não ? Creio que para passar na imigração necessite de visto de entrada e as vezes quem está em conexão não possui tal visto e com isso fica impossibilitado do pequeno tour.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adilton! Sim! Para sair do aeroporto è preciso o visto de entrada no país. Se vc só tiver o visto de conexão, não terá como sair para passear, infelizmente! :(

      Excluir
  6. Amei as dicas! Obrigada! Pesquisei o tópico porque tenho uma conexão de 10 horas em Dallas em Outubro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!! Uma incrível viagem para vc! :)

      Excluir
  7. BOA TARDE TUDO BEM? COMO FAÇO PARA TER UM GUIA EM DALLAS? CONHECE ALGUM GUIA BRASILEIRO? SERIA PARA UM DIA ESTOU FAZENDO SOMENTE ESCALA

    ResponderExcluir
  8. Olá! Infelizmente, não conheço nenhum guia na cidade. :(

    ResponderExcluir